Usuário

Os vereadores de Montes Altos, liderados pelo presidente da casa, Nilton Gomes Paixão repudiam e rebatem com veemência os ataques que o legislativo montealtense vem sofrendo nas redes sociais por parte de algumas pessoas que sem o menor conhecimento ou movidos por interesses partidários e políticos querem que os vereadores  tomem inciativas que não estão dentro das prerrogativas daquele poder, por conta de supostas denúncias feitas pelo vice-prefeito do município durante audiência pública realizada dia 06 deste mês.

 

“O que o Dr. Valberto nos trouxe foi na verdade  o que se encontra no site do Tribunal de Contas do Estado, uma notificação apontando falhas na prestação de contas e que o gestor municipal tem prazo para corrigir. Mas, embora a Câmara não tenha recebido oficialmente esse material como denúncias, qualquer vereador é livre para individualmente ou em conjunto examinar e fiscalizar, porém cabe ao TCE depois do tempo dado ao prefeito mandar a esta casa um relatório para que possamos nos manifestar. Nós não podemos antes disso tomar nenhuma providencia como querem os adversários do prefeito. A Câmara de Montes Altos não se omite nem está aqui para passar a mão na cabeça de ninguém, mas consciente de seu papel vem atuando como manda a legislação, no que não aceitamos nenhuma chicana nem tentativas de nos usarem como palanque ou instrumento político”, disse Nil Gomes.

 

Para Nil Gomes, o momento é de muita cautela, pois o município de Montes Altos vive uma situação financeira muito difícil e qualquer turbulência institucional poderá piorar ainda mais, trazendo sérias consequências para toda a população.

 

“Montes Altos precisa é de união de toda a classe política para ajudar o município, encontramos juntos saídas para esta crise. Nosso município tem menos de 10 mil habitantes, a arrecadação caiu, todos sabem disso, o município não tem indústrias a arrecadação de impostos é ínfima  e isso tudo dificulta a gestão de qualquer prefeito. Então nós temos que ter muita responsabilidade, não podemos agir por pressão e tomar decisões que sem nenhum esteio de provas concretas poderão apenas tumultuar ainda mais a vida política/administrativa de nosso município, dificultando ainda mais a vida da nossa população”, finalizou.

 

Durante a sessão da última sexta-feira, 09, os vereadores Aristides Aguiar (Vice-presidente da Câmara), Jarbas Morais, Ermilton Sá, Raimundo da Firmeza, Deusirene Ribeiro, Cícero Neto e Kelly Cristina, também se pronunciaram e deixaram bem claro que não concordam com nenhuma irregularidade que por acaso venha a ser confirmada, praticada pela atual gestão. "Não aceitamos nenhuma pressão e repudiamos os achincalhes que vem sendo feitos por alguns nas redes sociais contra membros desta casa, comentários em sua maioria de pessoas no mínimo estão desinformadas do verdadeiro papel de um parlamento municipal", disse Aristides Aguiar.

Assessoria

 

Artigos Relacionados:

Aristides Dias Aguiar
Presidente

 

Menu

Visitas

13657
HojeHoje76
OntemOntem96
Essa semanaEssa semana172
Este mêsEste mês2120